➤ Como criar um produto digital do Zero em menos de 30 dias

Farto de trabalhar dia após dia, semana após semana, mês após mês e ano após ano das 8 da manhã até às 6 da tarde? Farto daquele chefe irritante e dos colegas de trabalho de sempre? Como você, muitos outros não se dão bem trabalhando sob as ordens de outra pessoa e procuram conquistar liberdade temporal e financeira para suas vidas.

É essa a motivação de milhões de empreendedores de todo o mundo, que ao invés de procurarem por empregos, criam seus próprios negócios e alcançam total controle de seu tempo e independência financeira, trabalhando onde e quando querem, uma vez que são seus próprios patrões.

Embora trabalhar por conta própria tenha todas essas vantagens, criar e montar um negócio físico nos dias de hoje é uma tarefa bastante difícil, uma vez que o mercado se encontra já bastante saturado na maioria dos nichos e os custos de lançamento e manutenção são consideravelmente elevados.

empreendedores

É aqui que entra a internet. Com a sua expansão à escala global, todo um novo mercado surgiu – o mercado virtual e aqui as oportunidades são ainda imensas.

Se tornar um empreendedor a partir da internet é agora uma tendência universal e quanto mais cedo se juntar a esse barco, maior será o seu potencial lucrativo. Devido aos baixíssimos custos de iniciação e manutenção, ser empreendedor na internet tem ainda a vantagem de lhe permitir trabalhar onde quiser, em qualquer aparelho com conexão à internet.

Neste artigo vamos deixar algumas guidelines importantes antes do lançamento de qualquer produto digital na internet, tendo em conta um prazo (apertado) de 30 dias. Acompanhe!

#1 – Produto Digital – A ideia

Existem diversas etapas sequenciais a ser seguidas na criação de um produto digital que começam na idealização e terminam na execução. A primeira de todas elas é uma atividade maioritariamente teórica.

Qual o conceito por trás de seu produto? Que problema (resolverá um problema do dia-a-dia?) irá resolver? Existe interesse por parte do público? Será um produto para as massas ou um produto de nicho?

Estas são todas perguntas bastante importantes e essencial que consiga responder com rigor e precisão a todas elas antes de avançar para a execução prática da sua ideia.

Muitas vezes empreendedores investem horas, dias, meses ou até anos de sua vida trabalhando na produção de seu produto digital e, na hora do lançamento, não conseguem a atenção para seu produto que esperavam obter, deitando por terra todo o tempo que perderam desenvolvendo o produto.

Para evitar ter de passar por uma situação tão constrangedora quanto esta, é importante que se certifique de que seu produto tem “razão de ser” e de que há uma procura no mercado pelo que você está oferecendo.

#2 – Produto Digital – O formato

Ok, já escolheu o tema de seu produto e a “ideia milionária” está pronta para ser concretizada. Então agora chegou a hora de dar o segundo passo na execução do produto digital – a escolha do formato.

Os formatos mais comuns para o lançamento de produtos digitais incluem:

  • Ebooks
  • Cursos Online
  • Vídeos
  • PodCasts / AudioCasts
  • Webinars
  • Scripts/Programas

As opções são imensas e cada formato possui suas vantagens. Muitos produtores iniciam pelo lançamento de um ebook e, tendo em conta o sucesso de vendas, optam por expandir o alcance do produto, ao lançar o mesmo produto, mas em outros formatos, adicionando ao já publicado ebook outras opções de obter o conteúdo, como Vídeos, Audiobooks, Podcasts, etc…

Embora o ebook seja definitivamente o mais próximo de “formato clássico” de produto que existe na internet, os cursos online e a venda de acesso a webinars são alguns dos muitos outros formatos emergentes no mercado e que sem dúvida trazem suas vantagens.

#3 – Produto Digital – A concepção

Agora chega a hora de realmente pôr as mãos ao trabalho. As primeiras duas etapas não devem consumir mais de 5 dias, se você possui um meta de 30 dias para cumprir. Assim, você possui imenso tempo (perto de 3 semanas) para trabalhar na concepção do produto.

No entanto, é importante que mantenha sempre controle do seu tempo e do cronograma de tarefas, de forma a não deixar todo o trabalho pendente para a véspera do prazo definido para terminar a produção.

Contratempos acontecem naturalmente e podem levar a que tenha que adiar o lançamento do produto 1 ou 2 vezes. Mas se não se focar totalmente no plano de tarefas a cumprir, o mais provável é que acabe mesmo desistindo do lançamento a meio do processo criativo e essa sua “ideia milionário” nunca passará disso mesmo, uma ideia.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!