➤ Copywriting – O que é isso?

Se você está ai batendo a cabeça sem saber por que não consegue ganhar dinheiro com blog; por que seus mini sites não vendem; por que seus anúncios no Facebook não convertem e por que você não ganha tanto dinheiro quanto gostaria? Eu vou te dar a resposta certa: sua copy está ruim.

“Copy?! O que é isso?”. Você deve estar se perguntando.

Copy é o nome do processo de comunicação entre você e sua audiência, ou seja, é a forma como você transmite a sua mensagem – ou cria a sua carta de vendas – pra as pessoas que te seguem.

E se você não sabe como fazer isso de forma sedutora e que desperte o interesse dessas pessoas, não importa o tanto que o seu produto seja maravilhoso, você simplesmente não vai vender nada.

Não se desespere, ao final do artigo você terá compreendido melhor esse “segredo” de muitas vendas e como pode se tornar um copywriter profissional.

O que é Copy ou Copywriting?

Copy ou copywriting é um termo em inglês que significa redação publicitária (cartas de vendas), seria então aquelas “chamadas” de marketing fantásticas que tem por objetivo promover algum produto ou serviço e depois conseguir converter a campanha em muitas vendas. Ou a escrita persuasiva que faz com que o cliente tome a decisão que você quiser.

E o Copywriter? Ah, se copy é a carta de vendas feita, copywriter é o profissional que executa esse serviço de criação da carta de vendas.

O Copywriter é “o cara” que vai elaborar a sua carta de vendas e fazer com que a copy dela seja tão encantadora e persuasiva que o seu cliente vai desejar o que você estiver vendendo para ele e vai pegar o cartão de crédito na hora. Esse cara pode ser você mesmo!

copywriting

E para que essa copy conquiste o que ela se propõe a fazer, é necessário a combinação de, pelo menos, 3 segredos: identificação da audiência, gatilhos mentais e quebra de objeções.

 

Copy e Seus Segredos

#1- Copy e Identificação da Audiência

identificar-audienciaA primeira coisa a se fazer quando pretende começar qualquer coisa é um planejamento, isso você já sabe. O que falta esclarecer é que um bom planejamento especifica, claramente, o que você quer e que público deseja atingir.

Quanto mais segmentado for o seu planejamento, identificação da audiência e necessidades e desejo dela, maiores serão as chances de criar uma copy atrativa e que converta bastante.

 

 

#2- Copy e Gatilhos Mentais

gatilhos-mentaisOs gatilhos mentais são aqueles botões emocionais que a publicidade usa para despertar o nosso desejo insaciável de comprar ou possuir algum produto/serviço. Os gatilhos mentais estão no auge e muito bem usados atualmente. Se você quer saber mais sobre eles, veja outro artigo sobre gatilhos mentais.

No artigo você verá detalhes sobre eles, mas esteja certo de que o uso de gatilhos mentais de autoridade, escassez, antecipação, urgência, prova social, solução e reciprocidade, são os principais e que você deve dominar.

 

 

#3- Copy e Quebra de Objeções

objeçõesTodo bom profissional de vendas sabe que existem objeções por parte dos clientes, muitas dela já identificadas e com uma resposta imediata por parte do profissional qualificado.

Mais uma vez, pesa a questão da audiência, pois uma vez determinado quem é o seu público fica fácil poder se antecipar e prever certas situações. Dessa forma, é possível se preparar para desarmar o cliente, lidar com as objeções e converter a venda.

Existem diversas objeções, mas vale a pena ressaltar algumas delas para você entender melhor e ficar de olho: “eu não tenho dinheiro”, “isso não dá certo”, “não confio e nem conheço esse vendedor”, “agora eu não preciso”, e por ai vai…

>> Após você conseguir lidar com todo a jornada do consumidor, identificando o que ele precisa, quebrando objeções e direcionando-o a criar consciência que ele precisa do que você está oferecendo e precisa agora…você dará o “golpe final” que é o CTA (call to action) ou chamada para ação. Pronto, a chance de fazer a venda é quase de 100%.

 

Copywriting é a Solução Para o Aumento das Vendas

O mercado está cada vez mais competitivo, e se você não se especializar e estar atento aos novos métodos de trabalho, você será engolido pelo mercado e irá virar um mendigo digital.

A ideia que você precisa colocar na sua cabeça é: a concorrência é alta e você precisa estar sempre um passo a frente para não “comer poeira”. O mercado está nivelando os empreendedores agora e, em breve, os empreendedores medianos não terão mais espaço.

Você quer estar do lado das pessoas que vendem todos os dias e ganham dinheiro na internet? OU Quer apenas ser uma lembrança do que você poderia ter sido?

A decisão é sua, e as consequências dela também! 

Dica: comece agora mesmo a se tornar um especialista em copy! Não importa se você quer ter um blog, fazer anúncios, vídeos, independente do tipo de negócio, você precisa ter uma boa copy para poder vender. Não sabe como? Calma, clique aqui e aprenda agora.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

3 Comentários

  1. Rafael Silva disse:

    A concorrência é alta mesmo! Parece às vezes que não, mas é, rs. Abraço.

    • Pâmela Cavalcante disse:

      Oi, Rafael,

      Quando parece que a concorrência não é alta? rs

      Abraço

    • João Paulo disse:

      A concorrência existe, sempre irá existir o bom é dar preferência a um mix de empresas, começar com algumas menores e ai partir para algumas empresas maiores, parece loucura mas funciona sem contar que o boca a boca também te ajuda quando o serviço prestado deixa o cliente maravilhado, se sentindo único, por se sentir especial ele te indicará a todas ás pessoas do meio que ele conhecer.