Fato 1: O Comércio a retalho eletrônico (e-commerce) é um mercado de um valor aproximado de 220,000 milhões dólares, apenas nos Estados Unidos da América e está crescendo em quase 17 valores percentuais ao ano.

Esses números, por mais incríveis que pareçam ser, não passarão de ser meras migalhas em poucos anos. De acordo com a tendência do mercado, se prevê que em meados do ano de 2017, o comércio eletrônico atinja a marca dos 370 bilhões (!!) de dólares movimentados, só no mercado norte americano.

Não há como negar que o mercado de comércio eletrônico é enorme. Com ferramentas impressionantes prontamente disponíveis para agora ajudar as pessoas a criarem a sua loja on-line, faz sentido que as pessoas estejam procurando maneiras de melhorar os lucros de sua loja.
É aqui que entra o Drop Shipping…

numeros

DropShipping – o que é?

Já neste blog dedicamos algum espaço ao conteúdo relacionado com o DropShipping e o e-commerce em geral.

No artigo “DropShipping – o que é e como funciona?” fizemos uma primeira abordagem introdutória ao tema e ao conceito por detrás do DropShipping.

Aconselho uma leitura atenta se o termo ainda lhe é pouco familiar:

Citando um pequeno excerto do referido nesse artigo, eis uma explicação sucinta do que é o DropShipping:

Dropshipping é um método de comércio de varejo onde uma loja não mantem os produtos que vende em estoque. Em vez disso, quando uma loja vende um produto, ele compra o item de um terceiro e o envia diretamente para o cliente. Como resultado, o comerciante nunca vê ou manipula o produto em questão durante o processo de expedição. (Saber Mais…)

Quantos comerciantes recorrem ao DropShipping?

Fato 2: 22 a 33% dos varejistas na Internet adotaram o dropshipping como seu principal método de cumprimento de encomendas.
Você ficaria surpreso com quantas lojas realmente usam este método para ajudar a movimentar o seu estoque.

A Zappos, por exemplo, começou como uma empresa de dropshipping. A gigante Amazon e a Sears também recorrem ao dropshipping e a Wayfair construiu todo o seu negócio em torno deste método.

Estes são apenas alguns nomes sonantes no mercado, mas a tendência é crescente e hoje o céu é o limite!

Fato 3: Em 2012, o dropshipping foi responsável por 34% dos produtos vendidos pela gigante do comércio eletrônico, a Amazon.
Isso contabiliza um total de 14 200 000 000 (sim, 14 bilhões!) dólares de encomendas enviadas a partir de um único sítio!

Então, se a Amazon consegue fazer tanto lucro com este método, há definitivamente uma oportunidade para a sua loja on-line fazer o mesmo, nem que seja em uma escala (muito) mais modesta.

=> Olha ai https://afiliados-na-web.com/cupom-godaddy-desconto-hospedagem-de-sites-dominio-gratis/

Posso lucrar com DropShipping?
Sim, pode. Se usado corretamente, o dropshipping pode ser uma grande ajuda para o sucesso do seu negócio. Como você estará cortando os riscos de prejuízo para 0, há potencial para fazer um grande lucro aqui.

Você vai economizar dinheiro, porque:

  • Você não vai ter o seu dinheiro “amarrado” em estoque
  • Você não vai ter que pagar por contas de armazenamento e associadas ao inventário armazenando
  • Você não terá que pagar para um armazém, equipamentos ou pessoal (contas logísticas).
  • Você não vai precisar comprar em massa – assim evitará o risco de ter um grande prejuízo se não conseguir movimentar todo o estoque

A decisão é sua!

O seu sucesso está em suas mãos. Se leu este artigo desde o início e todo o nosso outro conteúdo relacionado com o comércio de importação (dropshipping), então já está consciente de todos os grandes benefícios de recorrer ao método de dropshipping para gerenciar sua loja.

Se você quer realmente ter sucesso no mundo do comércio eletrônico (e não só), então realmente DropShipping é a solução!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!